publicado dia 20/01/2020

27 propostas para um novo Ensino Médio democrático, inclusivo, integral e transformador

por

O Novo Ensino Médio foi promulgado em 2017, com pouca ou nenhuma participação dos milhões de jovens e professores de escolas públicas e privadas que serão afetados pelas mudanças até 2021.

Leia + O que os alunos esperam da reforma do Ensino Médio

Para formular propostas que levassem em conta suas necessidades e desejos, foram realizados debates em São Paulo, Brasília e Rondônia entre outubro de 2018 e agosto de 2019, com a presença de centenas de estudantes, educadores, gestores, pesquisadores e representantes de organizações da sociedade civil.

O resultado desse processo foi a formulação de 27 propostas de políticas, para construir um novo Ensino Médio de fato transformador. As formulações envolvem o reconhecimento da diversidade de juventudes e de seu potencial, a afirmação do papel da escola para a transformação social e o fortalecimento da democracia, uma visão integral sobre a qualidade da educação, e a responsabilidade social com as juventudes.

Confira o documento que reúne as propostas:

3 práticas de gestão democrática para o Ensino Médio