publicado dia 16/05/2014

SP: escolas municipais poderão ter professor orientador de educação integral

por

A portaria 2761, publicada no último dia 30 de abril, que diz sobre a adesão das escolas municipais ao programa Mais Educação São Paulo, traz em seu oitavo artigo a possibilidade das unidades terem à sua disposição um Professor Orientador de Educação Integral (Poei).

Leia +: Como formar redes para Educação Integral?

Estão entre as principais atividades desse profissional a articulação das atividades propostas pelo programa “Mais Educação” de âmbito federal ao projeto político-pedagógico da escola e às diretrizes do “Programa de Reorganização Curricular e Administrativa, além da ampliação e fortalecimento da rede municipal de ensino de São Paulo (Mais Educação São Paulo).

Para além disso, prevendo a articulação da escola com os demais atores sociais da comunidade em que a unidade está inserida é esperado que o professor articule parcerias locais prevendo a utilização de outros espaços educativos; promova o desenvolvimento de atividades que deem conta de outras aprendizagens juntamente com a equipe gestora; estabeleça um diálogo aproximado com os órgãos públicos e não governamentais a fim de enriquecer as experiências de ensino aprendizagem; auxilie o desenvolvimento de uma política que preveja a integração de órgãos públicos à agenda da educação; além de outras responsabilidades.

Leia também: Como envolver parceiros da comunidade em projetos de educação integral?

Como são as práticas pedagógicas na perspectiva da educação integral?