publicado dia 27/03/2020

Por que manter as aulas suspensas durante a epidemia de coronavírus

por

Nesta terça-feira 24, o presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento criticando a suspensão das aulas pelo Brasil, contrariando as ações do próprio MEC (Ministério da Educação).

Leia + Covid-19: como proteger crianças e escolas

“O que se passa no mundo mostra que o grupo de risco é de pessoas acima de 60 anos. Então, por que fechar escolas?”, questionou o presidente. “Raros são os casos fatais, de pessoas sãs, com menos de 40 anos de idade.”

Contudo, as escolas de educação básica, que somam 2,2 milhões de professores, são compostas por 59% de professores com mais de 40 anos e 8% com mais de 55 anos.

Em reação à fala, a Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação) e o Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação) reafirmaram que as escolas permanecerão fechadas.

“Manter as aulas presenciais suspensas é um ato de responsabilidade, para proteger não apenas a vida dos nossos estudantes e servidores mas de todos aqueles que estão em seu entorno, especialmente os idosos e com doenças crônicas”, afirmou o Consed em nota.

Todos as redes estaduais do país já interromperam as aulas, medida que também foi tomada por outros 157 países.

Educação em Quarentena

Confira a situação das redes de educação pelo Brasil, e as principais medidas adotadas por elas, em um mapa interativo.

Como falar com crianças sobre o novo coronavírus