publicado dia 05/12/2013

Ministérios da Educação e Cultura lançam portal para mapear iniciativas socioculturais ao redor de escolas públicas

por

Mapear as oportunidades educativas no entorno das escolas públicas de todo o Brasil. Esse é o objetivo da plataforma CulturaEduca, lançada na última quarta-feira (4/12) pelo Ministério da Educação (MEC) em parceria com o Ministério da Cultura (MinC) e com o Instituto Lidas.

O portal passa a servir como ponte entre a escola e as diversas pessoas e instituições que, de algum modo, podem colaborar nos processos de ensino-aprendizagem, a partir de um mapeamento colaborativo e gratuito, realizado por crianças, jovens, professores, pais, agentes culturais e demais cidadãos.

De acordo com o texto de apresentação da ferramenta, o processo de mapear as iniciativas socioculturais, além de criar um diagnóstico desses espaços, pode também fortalecer os elos comunitários de cada local. Além disso, o mapeamento apresenta informações específicas dos territórios – como demografia, atividade econômica predominante, renda, escolaridade -, que podem ser fundamentais para planejar ações sociais ou, até mesmo, fomentar a criação de políticas públicas.

Relacionando dados de órgãos oficiais coletados por meio de pesquisas ao saber popular, o portal tem como propósito identificar as dinâmicas sociais, culturais e educativas que se desenvolvem em cada localidade; colaborar com a fundação de redes locais que reúnam diversos atores da sociedade e estimular o apoderamento das comunidades sobre seus próprios territórios.

Para conhecer mais sobre a ferramenta, acesse o site http://culturaeduca.cc/.

Manual do Mapeamento Coletivo quer apoiar a promoção de redes locais nos territórios