publicado dia 10/10/2018

Estreia a série “Corações e mentes, escolas que transformam”, de Cacau Rhoden

por

Cacau Rhoden, o diretor de “Nunca me sonharam“, retorna às telas com a série “Corações e mentes, escolas que transformam”, que em 4 episódios mostrará as escolas brasileiras que estão inovando a educação.

Leia + Entrevista com Helena Singer: inovação como contraponto à retirada de direitos sociais

Os capítulos serão disponibilizados toda sexta-feira, às 23h59, tanto no canal de televisão GNT, quanto na plataforma online e gratuita VideoCamp.

Ao todo, foram selecionadas oito escolas, públicas e particulares, que transformaram seus processos de ensino-aprendizagem, priorizando a empatia, o trabalho em equipe, a criatividade e o protagonismo estudantil, em prol de formar alunos e professores criadores de novas formas de ser, conviver e pensar, e que coloquem em prática mudanças em suas vidas e comunidades.

“A série Corações e mentes mostra que a escola como conhecemos está sendo reinventada em todo país. A principal inovação desses lugares é ter as relações humanas como foco do trabalho pedagógico e a ética de nunca deixar nenhum estudante para trás”, disse Erika Pisaneschi, diretora da área de Educação e Cultura da Infância do Instituto Alana, em nota divulgada à imprensa.

Cacau Rhoden também explica que esse é um convite para que os educadores se inspirem. “A educação deve ser aberta e em constante transformação”, disse o diretor da série em nota.

“Corações e mentes, escolas que transformam” foi produzido pela Maria Farinha Filmes, e é uma iniciativa do Instituto Alana, Ashoka e Itaú Social, com apoio da Gávea Investimento e Mercur.

Assista a um trecho da série:

 

Protagonismo estudantil é chave para transformar a educação