publicado dia 09/10/2018

ANPEd faz leitura crítica de programas de Educação de Haddad e Bolsonaro

por

Quais são as propostas para a educação dos presidenciáveis que estão no 2º turno das Eleições 2018? A fim de informar a população sobre os projeto de país em disputa, a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd) esmiuçou criticamente os planos de governo dos candidatos no quesito Educação.

Assim, estão disponíveis leituras críticas dos programas de Haddad e Bolsonaro realizadas por pesquisadores de universidades públicas de todo o Brasil. Entre os critérios levados em consideração, estão a importância da defesa dos valores democráticos, da pesquisa científica e da consonância com marcos legais como o Plano Nacional de Educação (PNE).

Confira as análises por candidato

Fernando Haddad (PT)

Leia a análise completa do Programa de Educação de Fernando Haddad (PT), realizada por Nalú Farenzena, professora associada da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Destaques:

– Revogação da reforma do Ensino Médio, assim como a reformulação curricular da etapa;
– Expansão da educação integral;
– Concretização das metas do Plano Nacional de Educação (PNE);
– Institucionalização do Sistema Nacional de Educação;
– 10% do PIB gasto em educação;
– Criação do Fundeb permanente com maior aporte de recursos pela União;
– Efetivação do Custo Aluno Qualidade;
– Valorização da diversidade (contrapontos ao Escola sem Partido).

Jair Bolsonaro (PSL)

Leia a análise completa do Programa de Educação de Jair Bolsonaro (PSL), realizada por João Ferreira de Oliveira, professor doutor da UFG, e Neusa Sousa Rêgo Ferreira, mestre em educação pela UFG.

Destaques:

– Manutenção da Emenda Constitucional 95/2016, que congela gastos no setor da Educação;
– Doutrinação é considerada como um dos maiores males da educação;
– Defesa da Educação à Distância (EaD);
– Expansão da grade curricular de matemática, ciência e português;
– Oposição a Paulo Freire e da discussão de gênero na escola;
– Endurecimento da disciplina dos alunos;
– Defesa das escolas militares;
– Defesa da formação técnico profissionalizante no Ensino Médio.

 

3 coleções de livros sobre política para crianças