publicado dia 13/01/2021

Pesquisa “Retratos da educação no contexto da pandemia do coronavírus” reúne estudos sobre o período

por

A partir de cinco pesquisas e estudos realizados entre março e junho de 2020 se constrói a publicação “Retratos da educação no contexto da pandemia do coronavírus”. O objetivo é qualificar as reflexões e debates sobre como o isolamento social afetou as escolas, os estudantes e suas famílias, trazendo a voz de diferentes públicos envolvidos, em momentos diversos dos últimos meses.

Leia + As 5 lições de 2020 para pensar a Educação em 2021, segundo Gina Vieira

A análise busca, ainda, evidenciar as semelhanças e as diferenças a partir das especificidades de cada etapa de ensino, com foco nos Ensinos Fundamental e Médio, que reúnem sete de cada dez estudantes brasileiros da Educação Básica. Ao longo do documento também são reportados, quando relevantes, os dados por dependência administrativa: rede municipal, rede estadual e rede privada.

Os cinco estudos que compõem a publicação foram realizados por diversas instituições que se mobilizaram para produzir informações sobre a situação educacional do país, considerando as soluções emergenciais a partir da perspectiva das redes de ensino, dos docentes, dos estudantes e de seus familiares.

Entre os estudos, está a pesquisa “Educação Não Presencial na Perspectiva dos Estudantes e suas Famílias, que até o momento conta com três ondas de investigação, realizadas em maio, junho e julho. Elas destacam o acesso de atividades não presenciais para os alunos da rede pública; a preocupação com os riscos de abandono e desengajamento escolar; e as dificuldades dos alunos para manter a rotina. Essa última onda não consta no documento que sintetiza os estudos porque foi divulgada enquanto o relatório estava sendo finalizado.

A publicação “Retratos da educação no contexto da pandemia do coronavírus” é uma produção em parceria com o Itaú Social, Fundação Lemann, Fundação Roberto Marinho e Instituto Península e Rede Conhecimento Social. Além dessas instituições, também são realizadores das pesquisas apresentadas o Conjuve (Conselho Nacional de Juventude), Em Movimento, Fundação Carlos Chagas, Mapa Educação, Porvir, Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação), Unesco (Organizações das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) e Visão Mundial.

A escola pós-pandemia que as juventudes almejam