publicado dia 23/10/2018

Idealizada por UNICEF e Aprendiz, plataforma combate distorção idade-série no Brasil

por

A distorção idade-série é um problema complexo no Brasil. São muitas as causas que contribuem para a questão, mas talvez a mais crítica seja o desinteresse dos jovens pela escola.

Leia + “A Educação sozinha não resolve a exclusão escolar”, diz Ítalo Dutra do UNICEF

Visando reverter este quadro, o UNICEF em parceria com a Associação Cidade Escola Aprendiz, e apoio da Samsung, disponibiliza a plataforma Trajetórias de Sucesso Escolar.

A ferramenta congrega um mapeamento da atual situação brasileira em relação à distorção idade-série e um conjunto de cadernos que ajudam a construir uma proposta pedagógica específica para estes estudantes. O material é voltado para gestores das redes, das escolas e das salas de aula.

Por meio de uma compreensão integral dos adolescentes, o Trajetórias de Sucesso Escolar traz ações integradas nestes três níveis de gestão. Assim, cada segmento (gestores das redes, das escolas e das salas de aula) recebe orientações para realizar as quatro etapas interligadas de criação da proposta. São elas: diagnóstico, planejamento, adesão e desenvolvimento.

A intenção é que as possibilidades apresentadas pelo Trajetórias de Sucesso Escolar ajudem esses profissionais a refletir e atuar sobre a situação do território e mobilizar os atores necessários para enfrentar a situação dos estudantes em atraso escolar.

 

Os desafios da EJA para incluir quem a escola abandonou