6° Prêmio Territórios Tomie Ohtake

publicado dia 06/06/2022

Escolas2030 divulga recomendações para políticas públicas por uma educação de qualidade

por

Com base nos achados da pesquisa-ação e na experiência acumulada pelas organizações educativas escolares e não escolares participantes do programa Escolas2030 no Brasil, o documento Recomendações para políticas públicas – Condições para a oferta de uma educação de qualidade reúne premissas para a promoção da educação integral e transformadora.

Leia + Ex-ministro, Renato Janine defende que Brasil supere projeto de desigualdade e retome investimentos na educação

O principal objetivo é incidir no debate público sobre educação que, em grande medida, é permeado por questões sobre eficiência de sistemas educacionais. A ideia é que as Recomendações possam subsidiar um debate mais amplo com a sociedade civil e autoridades do poder público uma vez que os compromissos do programa trazem uma visão avançada de qualidade educacional, tema nevrálgico para propostas eleitorais e políticas públicas.

O Escolas2030 e as Recomendações para políticas públicas

O Escolas2030 é um programa global de pesquisa-ação que busca criar novos parâmetros para a avaliação da aprendizagem com base na prática da educação integral e transformadora, com vistas a garantir o Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 4 (ODS 4) da ONU. Além do Brasil, a iniciativa acontece no Afeganistão, Índia, Paquistão, Portugal, Quênia, Quirguistão, Tajiquistão, Tanzânia e Uganda.

No país, o programa vem atuando por meio de um processo de pesquisa-ação que envolve cerca de 100 organizações educativas, sob a coordenação da Faculdade de Educação da USP. Esse coletivo é formado majoritariamente por escolas públicas localizadas em territórios vulneráveis, abrangendo as cinco regiões do país e todas as etapas da Educação Básica.

Em 2022 são consolidados os resultados de três anos de atuação do Escolas2030 e as Recomendações para políticas públicas são resultado desse trabalho, que envolve também a participação de Secretarias de Educação. Além das duas propostas, o documento apresenta os princípios orientadores das recomendações, ancorados em exemplos concretos do coletivo-pesquisador, entre outras referências.

Como a intolerância religiosa afeta os direitos das crianças?

As plataformas da Cidade Escola Aprendiz utilizam cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para recomendar conteúdo e publicidade.
Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.