6° Prêmio Territórios Tomie Ohtake

publicado dia 16/07/2022

Conape 2022: Manifesto apresenta propostas para a Educação Integral no Brasil

por

Reunidos durante a Conferência Nacional e Popular da Educação (Conape), em Natal (RN), entre os dias 15 a 17 de julho, educadores e educadoras lançaram um Manifesto com propostas para a política pública de Educação Integral no país. O documento reafirma a necessidade de compromisso do Estado brasileiro com o direito das novas gerações a uma educação integral, em tempo integral. “A educação integral não é uma modalidade de educação dentre outras, e deve sim ser a estrutura fundante da escola comum, como propôs Anísio Teixeira”, descreve o texto.

Leia + Jaqueline Moll defende educação integral para garantir direitos e reconstruir o país

Ancorados na meta 6 do Plano Nacional de Educação (PNE),  que estabelece diretrizes e estratégias para a implementação da Educação Integral até 2024, os educadores e educadoras  defendem que a escola tenha centralidade e esteja articulada intersetorialmente “com políticas públicas de cultura e arte, esporte e lazer, assistência social, saúde, ambiente, entre outras e com as forças vivas da comunidade”.

Além disso, o Manifesto aponta que a valorização dos profissionais da educação “requer formulações e práticas coordenadas nacionalmente, em que se reconheça a profissionalidade dos docentes e não-docentes como produtores de conhecimento e agentes na formulação e na implementação das políticas e práticas educativas”.

Leia a minuta do Manifesto

A leitura do Manifesto foi realizada no início da tarde deste sábado (16/7), durante a atividade autogestionada da Conape 2022 intitulada “A Educação Integral como agenda política na disputa por uma sociedade justa”. Com mediação de Jaqueline Moll, os participantes de diferentes municípios brasileiros se organizaram em roda para compartilhar memórias, desafios e perspectivas para a Educação Integral no Brasil.

As plataformas da Cidade Escola Aprendiz utilizam cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para recomendar conteúdo e publicidade.
Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.