publicado dia 21/09/2017

BNCC é tema de manifesto de professores da Unicamp

por

Em manifesto, divulgado no dia 11 de setembro, a terceira versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é criticada pela Comissão Permanente de Formação de Professores (CPFP) da Unicamp, formada por representantes dos 22 cursos de licenciatura da universidade.

Leia + Alfabetização e gênero são destaques das audiências públicas sobre a BNCC

“O processo de construção de uma BNCC não pode estar atrelado a, nem ser expressão de interesses de pequenos grupos ou de corporações”, aponta o manifesto da Unicamp

No texto, a comissão reprova a forma como a BNCC está sendo elaborada e elenca as principais consequências de sua aprovação. Para os docentes, o documento atende a interesses de pequenos grupos e corporações privadas.

“O processo de construção de uma BNCC não pode estar atrelado a, nem ser expressão de interesses de pequenos grupos ou de corporações que vêm historicamente tratando a educação e as respectivas reformas educacionais segundo interesses alheios à própria educação e ao desenvolvimento dos sujeitos/cidadãos”, afirma.

Principais pontos

O manifesto aborda o processo de discussão sobre a terceira versão da Base e a elaboração da versão final do documento, os interesses por trás de sua aprovação, além de como a autonomia dos sistemas de ensino será afetada e quais as consequências disso para a escola, professores e alunos.

De modo geral, a comissão aponta que o documento apresenta interesses privados. Os docentes também acreditam que a aprovação da BNCC engessa o conteúdo trabalhado em sala de aula.

A comissão ainda comenta o fato de conteúdos de uma mesma área não estarem integrados e o fato das temáticas de gênero, sexualidade, raça, meio ambiente e diversidade cultural não possuírem tanto peso no documento.

Por fim, a CPFP critica a formação continuada de professores que será cada vez mais padronizada, sem levar em conta a subjetividade docente para a construção de uma prática crítica e reflexiva. Para saber mais pontos discutidos pelo manifesto, leia o documento na íntegra.

Guia oferece materiais para implementar a BNCC