EMEF Antônio Moruzzi executa projeto a partir dos sonhos da comunidade

Publicado dia 28/08/2013

Iniciativa: Comunidades de aprendizagem na Escola Municipal de Educação Básica Antônio Stella Moruzzi

Pública ou Privada: Pública

Alunos em atividade na escola. Foto: Portal Aprendiz

Alunos em atividade na escola. Foto: Portal Aprendiz

Descrição: Com o objetivo de fortalecer laços entre famílias e escolas e construir um diálogo participativo na comunidade escolar, a Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Antônio Stella Moruzzi, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São Carlos, o Núcleo de Investigação e Ação Social e Educativa (Niase) da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), desenvolveu oficinas de sonhos e planejamento coletivo de ações de melhoria na unidade e no conteúdo programático.

A experiência surgiu com a orientação e apoio do Niase, seguindo a  metodologia de Comunidades de Aprendizagem, difundidas no Brasil desde 2003 pelo Centro de Investigação em Teorias e Práticas Superadoras de Desigualdades da Universidade de Barcelona.

A oficina, que acontece periodicamente, reúne anualmente em rodas de conversa, a comunidade escolar – incluindo professores, direção e estudantes-, e familiares para juntos compartilharem seus sonhos para a escola. Uma vez que todas as rodadas acontecem, representantes dos diferentes segmentos se unem e estruturam planejamento para o ano, buscando viabilizar os sonhos de todos os envolvidos. Mesmo que não sejam sonhos fáceis de concretizar, a escola se organiza para planejar em direção do desejo de todos os envolvidos.

E, a partir dos sonhos, a direção pôde aproximar as famílias dos estudantes e parceiros da comunidade, indicando que os sonhos poderiam ser alcançados se fossem efetivamente compartilhados, construídos e viabilizados por todos os envolvidos.

Início e duração: Desde 2003.

Local: Escola Municipal de Educação Básica Antônio Stella Moruzzi, localizada em São Carlos, interior paulista.

Responsáveis: Corpo diretivo e comunidade escolar.

Envolvidos e parceiros: Núcleo de Investigação e Ação Social e Educativa (Niase) da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar) e Centro de Investigação em Teorias e Práticas Superadoras de Desigualdades da Universidade de Barcelona (Crea).

Principais Resultados 

Com a implementação da oficina de sonhos, a escola deu outros passos em direção a se tornar uma Comunidade de Aprendizagem, envolvendo, por exemplo, pais a ministrarem oficinas de informática a outros pais.

Paralelamente, desde que a escola optou pela metodologia, uma comissão gestora, representativa de todos os setores, passou a determinar a alocação de recursos para o planejamento estabelecido, seguindo os sonhos da comunidade, a estrutura da gestão financeira da instituição e o Projeto Político Pedagógico como normativa orientadora.

Segundo a direção da escola, as mudanças foram nítidas. Além do planejamento compartilhado e de um Projeto Político Pedagógico reconhecido por todos os segmentos da escola, os pais passaram a se envolver com o percurso educativo dos estudantes. A escola realiza, por exemplo, Tertúlias Literárias (metodologia de leitura e discussão sobre literatura em grupo) que são mediadas por pais voluntariamente.

A escola faz parte também do Pontão de Cultura Nós Digitais, que promove ações em diálogo com a proposta de Comunidade de Aprendizagem, promovendo atividades de danças tradicionais e inlcusão digital.

Materiais

As informações são da Reportagem de Flávio Aquistapace para o Portal Aprendiz, Em São Carlos, famílias participam da educação dos filhos na escola.

Exemplo de Tertúlia Literária realizada pela escola.

Site, no qual se localizam os materiais do Núcleo de Investigação e Ação Social e Educativa (Niase) da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar).

Site, no qual estão os materiais do Centro de Investigação em Teorias e Práticas Superadoras de Desigualdades da Universidade de Barcelona (Crea).

Contatos

Telefone: (16) 3372-5000

E-mail:  emebasm@yahoo.com.br

Acesse também o site do programa de Comunidades de Aprendizagem da Prefeitura de São Carlos:

Instrumentos para Articulação Local