No projeto Âncora, em Cotia, a proposta pedagógica encoraja autonomia na aprendizagem

Iniciativa: Proposta Pedagógica do Projeto Âncora

Pública ou Privada: 3° setor

Descrição: Em funcionamento desde 1995, o Projeto Âncora foi fundado originalmente como uma organização não governamental para desenvolver projetos sociais e culturais com crianças de baixa renda no contraturno das escolas. Em 2011, o educador e idealizador da Escola da Ponte de Portugal, José Pacheco, chega ao projeto para auxiliá-lo a tornar-se uma escola da educação básica. Porém, com uma proposta diferente das escolas tradicionais.

Projeto Âncora

Jovens apresentam planejamento das atividades pedagógicas que querem participar

Como na Escola da Ponte – uma das principais referências em Educação Integral -, o objetivo do Âncora é fazer com que os 680 meninas e meninos entre um e 18 anos sejam autônomos de seu próprio aprendizado e que a escola seja um dos espaços em que este processo aconteça, mas não o único.

O projeto é desenvolvido com base em roteiros de estudo, e não por apostilas ou livros didáticos. Todos os dias, ao chegarem, os estudantes se encontram com o tutor, com quem elaboram o planejamento das atividades que irão realizar ao longo do dia, assim como quais horários vão destinar às disciplinas e quais serão os momentos de brincar, andar de skate, conversar com os amigos ou mesmo descansar.

Mas, antes de montarem o planejamento, os alunos analisam o roteiro de estudos que, todas as terças-feiras, produzem junto ao tutor. É neste momento em que os estudantes indicam o que desejam aprender naquela semana e o tutor os auxilia na escolha de temas e recursos a serem utilizados.

No fim do dia, os estudantes se encontram novamente com o tutor para discutir o que aprenderam e compartilhar aquilo que tiveram dificuldade, seja por meio de conversas, contando histórias ou em formas de brincadeira. Toda vez que um aluno aponta dificuldades em realizar algum item do roteiro, o tema é resgatado no novo planejamento.

Os estudantes também podem também se organizar para as oficinas oferecidas no espaço. Os processos de aprendizagem se dão em salões, onde os alunos se sentam em grupos.  Caso precisem de ajuda, levantam as mãos e chamam algum educador. Na sala fica pendurado, ainda, um cartaz dividido por duas colunas: “Preciso de Ajuda e Posso Ajudar?”. Nele, as crianças e adolescentes podem pedir apoio aos colegas escrevendo o nome na primeira coluna. Aqueles que podem auxiliar dizem quando, onde e em qual horário podem se encontrar para o estudo, num processo de educação de pares.

Início e duração: 2011 até os dias atuais.

Local: Estrada Municipal do Espigão, 1239 – Jardim Rebelato, Cotia – São Paulo, SP – CEP: 06710-500

Responsáveis: Projeto Âncora.

Envolvidos e parceiros: Comunidade do entorno, famílias e organizações locais.

Financiamento: Empresariado.

Principais Resultados: A autonomia da aprendizagem desperta o interesse e a sensação de pertencimento das crianças ao processo pedagógico. São elas quem escolhe o que querem e quando querem aprender, respeitando o tempo de aprendizado individual.

Materiais e Publicações

Leia a matéria publicada no Jornal D’aqui, publicação da com notícias e artigos da cidade de Cotia.

Contatos:

Telefone: (11) 4612-9966

Site do Projeto Âncora: www.projetoancora.org.br

Blog: projetoancorablog.blogspot.com.br

Facebook: www.facebook.com/ProjetoAncora

Twitter: twitter.com/projetoancora

Youtube: www.youtube.com/projetoancora

 

 

 

Deixe um comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

40 COMENTÁRIOS

  1. Márcia Louback Praxedes disse:

    Preciso de um projeto para desenvolvercom adolescentes no cras. temas relacionados ao universo dos adolescentes .

    • Julia Dietrich disse:

      Olá Márcia,
      para ajudá-la precisamos de mais informações. Que tipo de ação você gostaria de desenvolver? Em grupos? Individual? Curta ou longa duração? Sobre que temas?
      Abraços da equipe do Centro de Referências

      • Márcia Louback Praxedes disse:

        NO Serviço de convivência e fortalecimento de vínculos no CRAS com uma turma de 15 adolescentes, com duração de 4 meses. Temas que acredito serem necessários abordagem: sexualidade, comportamento, meio ambiente, importância familiar, responsabilidade, vestuário, higiene corporal e saúde.
        mlpmarcia@hotmail.com

  2. Cláudia de Castro da Silva Mendes disse:

    Fiquei interessada em conhecer o Projeto Âncora. Sou professora de Ed. Inf.(escola privada) e diretora adjunta numa escola municipal em Petrópolis. Tenho experiência na educação há 28 anos e hoje percebo que a educação alternativa e os projetos de trabalho são o caminho para desenvolver a verdadeira autonomia nas crianças e nos jovens, favorecendo a expressão e consciência crítica para uma sociedade mais justa e igualitária. Conheci o professor José Pacheco e assim soube desse projeto. É possível visitar a escola? Como poderei agendar ? A escola funciona de acordo com o calendário oficial?
    Aguardo contato, Att. Cláudia

  3. ulli disse:

    óla sou de uma Escola publica amei pastante este projeto mostra que a Realidade faz com que nossa=s crianças aprendam com mais facilidade parabéns pelo projeto.
    queria mais informação

  4. MARIA MICHELE TENORIO SOUZA disse:

    Bom Dia,

    Acabo de chegar do nordeste. Tenho 3 filhas com idades de 11, 3 e 2 anos. Fiquei sabendo deste projeto e gostaria de ter mais informações sobre o procedimento para que elas possam ingressar nesse projeto. Grata, Michele.

  5. yasmin disse:

    fantástico!
    Por favor, existe alguma escola nesses moldes no Estado do Rio de Janeiro>
    Att,
    Yasmin.

  6. simone scotta disse:

    Maravilhoso.

  7. eu tenho 8 anos bem que eu queria que fosse assim na minha escola.bjs

  8. Marirlei do Nascimento Quiuqui disse:

    Fiquei muito curiosa de conhecer melhor esse projeto é lindo de ver, fantástico! Parabéns.

  9. ESTOU FASCINADA COM ESSE PROJETO .SOU PROFESSORA DO ENSINO FUNDAMENTAL I E GOSTARIA DE RECEBER INFORMAÇÕES DE COM REALIZAR UM PROJETO DESSA NATUREZA.SOU DE PAULISTA PARAÍBA ´DE UMA ESCOLA PÚBLICA E DESEJO MUDAR MINHA METODOLOGIA.

  10. Patricia Inzabrald Nunes disse:

    Gostei muito acredito que esse modelo é o que o Brasil precisa, parabéns pela iniciativa e que possam se expandir pelo país!

  11. Maria Angela Gomes dos Santos disse:

    Gostaria de conhecer o trabalho de vocês, sou aluna do 7º período de pedagogia. Vocês tem algum programa que possibilite esse conhecimento a alunos que não tem recursos financeiros, ma que acredita nesse trabalho, onde o ser está acima de todas ideologias ou programas milagrosos
    Por favor me envie noticias.
    Atenciosamente
    Maria Angela Gomes dos Santos

  12. Elisangela Alves Jardim disse:

    Trabalho o dia inteiro e estou com dificuldade de encontrar uma pessoa para cuidar do meu filho. gostaria de saber como posso participar do processo seletivo? ele tem 10 anos e está no 5º ano do ensino fundamental.
    Desde já agradeço pela atenção e aguardo retorno.

    Elisangela Alves Jardim

  13. glaucia disse:

    vi a reportagem na tv globo, resolvi pesquisar e o pouco de informações que tenho já me fascinaram. sou educadora e gostaria muito de mais informações sobre o projeto pedagógico da escola e mais informações possíveis. infelizmente estamos longe de fazer algo parecido com o trabalho de vocês, mas posso sonhar e acreditar que a mudança é possível e talvez este seja o primeiro passo. grata

  14. claudia disse:

    Por favor gostaria de saber como é feito a escolha de turma neste Projeto…

  15. Bem interessante a proposta. Gostaria de maiores informações.
    Obrigada
    Professora Eliana

  16. ROSELIANA DOS SANTOS DAMASCENO disse:

    Boa noite!
    Por acreditar nesse modo de trabalho e estar admirada, tomei a iniciativa de procurar saber se existe algum projeto no Ancora que pudesse visitar uma escola pública, no Jd. João XXIII, com alguma atividade para crianças e adolescentes.
    Creio que as atividades ali realizadas seriam motivadoras e dariam á nossos alunos um momento diferente do seu cotidiano e também uma oportunidade de pensar futuro de forma diferente.

  17. Angela Maria Cericola disse:

    Sou artista circense e também estudante de Pedagogia. E, entre diversos seminários que apresentarei na semana que vem, falar do Projeto Âncora foi uma das propostas da disciplina Práticas Pedagógicas. Achei maravilhoso, pois além de admirar o projeto, tenho uma prima que trabalha no circo do mesmo: Penha. Logo, gostaria que vocês me enviassem algum material sobre o projeto para que eu possa apresentá-lo como ele merece: em grande estilo!
    Muito obrigado e fiquem com Deus !

  18. Cláudia Mendes disse:

    Gostaria de saber se posso visitar o projeto para conhecer a proposta e qual a melhor época para isso. Tenho uma experiência de 30 anos na educação e gostaria de vivenciar e conhecer uma forma mais humanizada de fazer a educação acontecer. Agradeço, Cláudia Mendes

    • Dafne Melo disse:

      Cara Cláudia,

      Sugerimos que você entre em contato diretamente com o Projeto Âncora por meio dos contatos que estão publicados ao final da matéria.

      Abraço,
      Equipe do Centro de Referências em Educação Integral

  19. Nancy Alves Gomes disse:

    Projeto maravilhoso.Se for implantado em Jandira,será maravilhoso.

  20. Lilian Santos disse:

    Tenho interesse em incluir meu filho que vai entrar na 1ª série ai na escola de vocês, ouvi falar muito bem da escola.
    Gostaria de saber como faço para fazer uma inscrição, ele ainda vai fazer esse ano de pré e ano que vem ele já vai para a escola.

    • Dafne Melo disse:

      Cara Lilian,

      Entre em contato diretamente com o Projeto Âncora, por meio dos contatos que estão publicados no final da matéria.

      Abraços,
      Equipe do Centro de Referências em Educação Integral

  21. Neide Dias Fernandes disse:

    Sou professora de Português e por indicação de uma amiga conheci o Projeto Ancôra e achei muito interressante a proposta de educação da Instituição. Tenho interesse em conhecê-los!
    Grata,
    Neide Dias

  22. Sônia Regina Lucas Machado disse:

    Boa noite!

    É com grande alegria que li as informações nesta página, Sou estudante de Pedagogia e é muito importante saber que algo de diferente está acontecendo no Brasil diferente do modo tradicional de ensinarmos nossas crianças. Tivemos o prazer de receber o Sr José Pacheco aqui no Rio de Janeiro e compartilhou conosco suas idéias. Gostaria muito de receber algum material do projeto ancora para enriquecer nossos debates em sala de aula.

    Grata,
    Sônia Machado

  23. Márcia Lacerda disse:

    Gostari de saber mais ex. número de alunos por turma, quais oficinas, dificuldades dos alunos ao saírem da escola e terem que se matricular em uma escola” convencional ou tradicional”.
    Gostaria de receber material para estudos sobre o assunto, tenho interesse em escolas em tempo integral. Obrigada.