publicado dia 09/10/2013

Escola integral no Tocantins realiza atividades em diálogo com o contexto local

por

Crédito: Manoel Lima

Crédito: Manoel Lima

Localizada em Luzimangues, pequeno distrito do município de Porto Nacional, no Tocantins, a Escola Estadual Beira Rio vem alcançando resultados positivos e tornand0-se referência na comunidade.

A unidade recebe 630 alunos, em período integral, do 2º ao 9º ano do ensino fundamental e ensino médio.

A escola conta também com sala de recurso multifuncional, atendendo 15 alunos que requerem educação especial. O currículo é baseado nas necessidades do campo e conta com aulas de produção rural e sistema de cultivo. Nelas, os alunos apoiam o cultivo da horta escolar e vão aperfeiçoando os conhecimentos que recebem com os pais, na lida da roça.

Para a escola a relação com a família dos estudantes é de extrema importância. Para garantir a pertinência dos conteúdos escolares no cotidiano da região, a unidade busca contato próximo com a sua comunidade, especialmente com os familiares dos estudantes.

Vindos de chácaras e assentamentos próximos, os estudantes permanecem oito horas na escola e contam com três refeições.

Em entrevista à Assessoria de Comunicação da Secretaria, Ingrid Cristina Costa, de 13 anos, estudante da 4ª série, disse que gosta de estudar na Escola Beira Rio, e lá se sente feliz. “Aqui é ótimo tem espaço para todos, o ensino é saudável, gosto dos professores”.

David Brayam Almeida Morais, 12 anos, da 5ª série, frisou que “a escola tem ar puro, tem espaço, se sente livre para aprender e ser feliz”.

Ambos são estudantes com necessidades especiais e apresentam dificuldades de aprendizagem. Mas, segundo a direção da unidade, com o apoio da escola aprenderam a conviver uns com os outros e com as turmas do ensino regular. Para a direção, os espaços de interação são fundamentais para a aprendizagem das crianças e adolescentes.

As informações são do Portal Surgiu

“A escola de tempo integral é uma conquista”, diz pesquisador