publicado dia 20/12/2018

6 produções na Netflix para debater diversidade

por

Uma das maneiras de conversar sobre a diversidade humana com crianças e adolescentes é por meio de filmes, séries e documentários. Além do reconhecimento da própria identidade, por meio destas linguagens, os temas mais complexos, como o preconceito e a exclusão, tornam-se mais relacionáveis, gerando empatia pelos problemas e situações vivenciadas pelos outros.

Leia + 5 livros para jovens, escritos por autores consagrados

Neste sentido, o Centro de Referências em Educação Integral selecionou 6 produções que estão disponíveis na Netflix que podem disparar reflexões e debates sobre diversidade. Confira:

Raça

Por meio desta cinebiografia de Jesse Owens, o atleta negro que ganhou quatro medalhas de ouro nas Olimpíadas de Berlim, superando corredores brancos em pleno regime nazista de Adolf Hitler, surge a oportunidade de debater história e racismo.

Sierra Burgess é uma loser

O filme acompanha uma adolescente na escola, discute os estereótipos dos intelectuais, das meninas vaidosas, e a influência dos padrões de beleza nos relacionamentos românticos e de amizade.

Atypical

Como é ser um adolescente com autismo? E como é ser mãe, amigo ou namorada de uma pessoa com autismo? Esta série tenta explicar um pouco mais sobre este transtorno do desenvolvimento, ainda que ele possa ser muito amplo e variar de um indivíduo para o outro. Para isso, traz o cotidiano familiar e escolar de um adolescente autista, mostrando que ele pode trabalhar, estudar e se relacionar como todos.

Um chamado especial

A relação de amizade entre duas meninas, uma que quer ser popular e outra com Síndrome de Down, dispara reflexões sobre preconceitos, relações humanas e a competitividade por status social no ambiente escolar.

Os Panteras Negras: vanguarda da revolução

Por meio do relato de informantes da polícia, jornalistas, simpatizantes e detratores, este documentário narra a história do Partido dos Panteras Negras, que lutou ativamente pelos direitos da população negra nos Estados Unidos.

Rita

Variando entre o ambiente escolar e familiar e as relações que se estabelecem nesses espaços, a protagonista Rita, que é mãe e professora, traz uma face mais humana dos adultos, desfazendo a noção de perfeição e impecabilidade por vezes construída em relação a estas figuras. Além disso, esta série aborda sua jornada para compreender a sexualidade de seu filho, que é homossexual.

Confira lista de livros que explicam o mundo para as crianças