publicado dia 09/02/2015

Seminário se propõe a discutir a cidade educadora e o papel de seus atores

06/03/2015

WhatsappG+TwitterFacebookCurtir

O que é uma cidade educadora? Qual o papel da escola e da comunidade em sua construção? Como torná-la sustentável e justa do ponto de vista do desenvolvimento? Provocar essas e outras reflexões é o que pretende o Seminário Comunidade e Escola: semeando a Cidade Educadora. O evento, que acontece no dia 6 de março, é uma iniciativa da Associação Cidade Escola Aprendiz em parceria com a Universidade Aberta do Meio Ambiente e da Cultura de Paz (UMAPaz), e apoio do Centro de Referências em Educação Integral e do Portal Aprendiz.

O objetivo é aproximar os agentes socioambientais urbanos – formados pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente – com escolas da rede municipal que desenvolvem trabalhos de transformação socioambiental em suas comunidades, mas também é direcionado à estudantes, professores, gestores, organizações comunitárias, técnicos em educação e redes e organizações que trabalham com a questão do meio ambiente.

O seminário se desenvolverá ao longo do dia 6 de março, das 9h às 17h, com duas mesas de debate – “A Comunidade na Cidade Educadora” e a “Escola na Cidade Educadora” – e um espaço de “café e prosa”, onde serão expostas experiências de bairros-escolas num ambiente de troca de ideias. Entre os convidados já confirmados, estão o economista Ladislau Dowbor, a educadora e arquiteta Bia Goulart e o Bairro Educador de Heliópolis.

Abertas até o preenchimento total das vagas, as inscrições, que são gratuitas, devem ser feitas pelo site.

Serviço:
Comunidade e Escola: semeando a Cidade Educadora.
Data: 06 de março de 2015 (sexta-feira), das 9h às 17h.
Local: Av. IV Centenário, 1268, CEP 04030-000 São Paulo SP Brasil
Contato: cartadaterra@prefeitura.sp.gov.br

Capacidade máxima: 150 pessoas.
Entrada franca.

Programação completa

9h-9h30

Abertura: Comunidade e Escola semeando a Cidade Educadora – a proposta

Ana Cristina Vacarelli – Diretora da UMAPAZ

Helena Singer – Diretora da Cidade Escola Aprendiz

Lia Salomão – Coordenadora da Carta da Terra

9h30-11h30

Os participantes se dividirão em dois grupos de acordo com seu interesse por uma das atividades propostas

Atividade 1: Debate – A Comunidade na Cidade Educadora 

  •      Ladislau Dowbor: economista, professor da PUC-SP
  •      Maria Cecília Carlini – Diretora da Sala CEU da SME-SP
  •       Maria Cecília de Luna (dona Lourdes): Presidente da Associação dos Moradores do Jardim Casa Branca e Adjacências e membro do Conselho do CEU Casablanca
  •       Renato Rocha de Lima: ativista do Coletivo Dedoverde
  •       Manoel Flávio Santos da Cruz: estudante do Cieja Campo Limpo
  •        Mediação: Paula Patrone – coordenadora executiva da Cidade Escola Aprendiz

Atividade 2: Aventura Ambiental no Parque Ibirapuera

Atividade permanente – DEA/UMAPAZ

Instrumento de Educação Ambiental e Cultura de Paz que busca sensibilizar seus participantes através de ensinamentos teóricos e práticos utilizando o Parque Ibirapuera como espaço para estudo do meio. Consiste em uma visita monitorada com apresentação histórico-cultural do Parque, assim como sua flora e fauna, proporcionando experiências e vivências afetivas com o meio ambiente.

11h30-12h

Dança Circular

Coordenação: Estela Gomes – UMAPAZ

A dança circular, em diversas culturas, expressa a relação do ser humano com a natureza, com a sociedade e com a vida e também se apresenta como prática integrativa para vivência da alegria e união do grupo.

12h-13h30

Almoço nos restaurantes nas redondezas do Parque Ibirapuera

13h30-15h30

Os participantes se dividirão em dois grupos de acordo com seu interesse por uma das atividades propostas

Atividade 1: Debate – A Escola na Cidade Educadora

  •        Beatriz Goulart – Arquiteta e urbanista do Centro de Referências em Educação Integral
  •       Fernanda Araújo: Articuladora territorial da Coordenação de Promoção do Direito à Cidade da SMDHC-SP
  •        Braz Rodrigues Nogueira – Diretor da EMEF Campos Salles
  •       Nicoly dos Santos– Prefeita da República de Alunos da EMEF Campos Salles
  •      Lucas Gonçalves Teles de Menezes – Secretário da Saúde e Ambiente da República de Alunos da EMEF Campos Salles
  •       Mediação: Agda Sardenberg – coordenadora executiva da Cidade Escola Aprendiz

 

Atividade 2: Desenho da Natureza

Vivência oferecida pela UMAPaz que tem como objetivo o desenvolvimento do olhar, a expressão através do desenho e o cultivo da relação amorosa do ser humano com a natureza.

 

15h30-17h

Café com Troca

Exposição das experiências de articulação escola-comunidade para a transformação socioambiental dos bairros da cidade

  •        Caminhada pela Paz – Movimento Sol da Paz/Bairro Educador de Heliópolis, zona Sudeste
  •        EMEI Chácara Sonho Azul e o Fórum Fundão do Jardim Ângela, zona Sul
  •        CIEJA Campo Limpo – projetos de impacto local, zona Sul (a confirmar)
  •        EMEF Julio de Grammont, CEU São Rafael e DRE São Mateus – Horta Comunitária e Centro de Educação em Direitos Humanos de São Mateus, zona Leste
  •        Educação Integral para uma São Paulo Educadora da DRE Butantã, zona Oeste

 

Os participantes poderão conhecer mais sobre estas experiências e conversar com seus agentes.

 

17h-17h30

Fechamento do encontro e abertura para novas articulações

Distribuição do livro Ariculação Escola-Comunidade da Associação Cidade Escola Aprendiz para os interessados

Distribuição de mudas do viveiro da UMAPaz para as pessoas que se responsabilizarem por seu plantio.

 

17h30-18h

Dança Circular Sagrada

Coordenação: Estela Gomes – UMAPaz

O quê

Comunidade e Escola: semeando a Cidade Educadora

Quando

06/03/2015