publicado dia 10/06/2016

Seminário apresenta práticas de Educação Ambiental que estimulam uma Cidade Educadora

17/06/2016

De que maneira a escola, cuja atuação visa a transformação do território, pode ajudar a criar cidades mais educadoras e sustentáveis? Essa é uma das perguntas que serão feitas no III Seminário Educação Ambiental semeando a Cidade Educadora que, organizado pela Associação Cidade Escola Aprendiz e pela Universidade Aberta de Meio Ambiente e Cultura de Paz (UmaPaz), irá explorar as múltiplas conexões entre a Cidade Educadora e Educação Ambiental.

O evento, gratuito e aberto, reunirá professores/as e estudantes da rede municipal “que buscam repensar a cidade de São Paulo, seus territórios e suas escolas” para dar visibilidade às ações socioambientais que vem sendo desenvolvidas em São Paulo. A proposta busca ainda fortalecer as redes organizadas a partir dessas duas agendas.

O Portal Aprendiz fez a cobertura do último seminário “Educação Ambiental semeando a Cidade Educadora”. Veja como foi:

Saiba + “Quando você tira a criança da sala de aula e traz para o mundo, a aprendizagem se expande”
Saiba + Educação ambiental impulsiona a criação de uma cidade educadora

“O seminário é um espaço importante de intercâmbio de experiências que articulam escola e território em prol da Cidade Educadora”, acredita Agda Sardenberg, Coordenadora Executiva de Programas da Associação Cidade Escola Aprendiz. Para Lia Salomão, coordenadora do programa Carta da Terra, da UmaPaz, o evento tem como mérito valorizar as ações ambientais que as escolas já realizam, “potencializando políticas públicas e fortalecendo a educação ambiental como ferramenta de transformação da cidade”.

O dia de atividades será aberto por uma mesa com Agda Sardenberg (Aprendiz) e Mônica Borba (UmaPaz), que irão discutir “A escola como agente de transformação do território”. Em seguida, uma roda de diálogo com Laís Kerry, do Instituto Alana; Kleber Santanna, representando o programa São Paulo Integral da Secretaria Municipal de Educação (SME); e estudantes do Grêmio da Emef Amorim Lima debaterá práticas e políticas públicas para uma Cidade Educadora.

Na parte da tarde, os participantes se dividem entre oficinas e um World Café, onde experiências de educação ambiental serão estimuladas a dialogar com os eixos que compõem uma Cidade Educadora. Farão a mediação dessa atividade: Paula Dias, do Hey Sampa; Julia Dietrich, do Centro de Referências em Educação Integral; Evelise Barbosa, do Programa Ambientes Verdes e Saudáveis (PAVS); e Tatiana Montorio, do Departamento de Participação e Fomento às Políticas Públicas da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente.

O Instituto Catalisador realiza uma oficina com estudantes do ciclo autoral (7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental) da rede municipal da educação. Nessa etapa escolar, a construção do conhecimento se dá a partir de projetos curriculares comprometidos com a intervenção social, com a realidade dos estudantes e com a cidade onde vivem. Para apoiar professores nos processos de mediação de conflito na escola, a especialista Sandra Inês Baraglio Granja realizará uma oficina sobre o tema.

A equipe da UmaPaz recebe estudantes para uma aventura ambiental no Parque do Ibirapuera. A visita monitorada percorre os diferentes espaços desse equipamento, incluindo uma sessão do Planetário Aristóteles Orsini.

Para se inscrever, acesse o formulário do III Seminário Educação Ambiental semeando a Cidade Educadora e confira a programação completa do evento. Fique atento ao Portal Aprendiz para a cobertura do dia.

O quê

III Seminário Educação Ambiental semeando a Cidade Educadora

Quando

17/06/2016 entre 08:30 e 17:00

Onde

Av. IV Centenário, 1268, São Paulo (SP)

Mais informações

cartadaterra@prefeitura.sp.gov.br