Cieja Campo Limpo reformulou o currículo para fortalecer a autonomia dos estudantes

Iniciativa: Reformulação curricular -integração dos saberes no Cieja Campo Limpo

Pública ou Privada: Pública

Alunos e educadores do Cieja em atividade

Alunos e educadores do Cieja em atividade

Descrição: Quando a diretora Eda Luiz chegou em até o atual Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos (Cieja) Campo Limpo, situada na Zona Sul da cidade de São Paulo, na realidade da escola, que hoje é considerada modelo, era bastante diferente. Antes a instituição era um Centro de Educação Municipal de Ensino Supletivo (Ciemens) que pouco dialogava com a comunidade ou com o interesse dos alunos.

Na sua chegada, Eda decidiu escutar os estudantes e entender como eles se relacionavam com a escola, observando, inclusive, as taxas de evasão que eram bastante significativas.

Anos antes, Eda havia participado de um grupo na Ponticíficia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) com o educador Paulo Freire e trazia muito da ideologia da educação libertária, a qual tem como objetivo fortalecer a autonomia dos estudantes para que façam escolhas de acordo com seus desejos e vontades. Para tanto, Eda acreditava que era preciso identificar espaços da comunidade que apoiassem a escola na construção dessa agenda de formação para autonomia dos estudantes.

As respostas dos estudantes anunciavam as mudanças necessárias. Juntos, eles diziam que queriam maior espaço de decisão, que não viam o que aprendiam como significativo e, por dificuldades do próprio contexto em que se inseriam, eram frequentemente forçados a abandonar os estudos.

Com essa bagagem formativa, a diretora iniciou um processo de reconhecimento dos espaços de mobilização já existentes no bairro onde a escola está inserida e, com isso, aproximou-se dos moradores, para que, assim, as atividades da escola estivessem em diálogo constante com as iniciativas já em curso na comunidade, integrando-a à escola. Esse caminho, pouco a pouco, rumava para a discussão e compreensão do conceito da Educação Integral, que mobilizar espaços da comunidade para fortalecer o processo de ensino-aprendizagem das escolas.

Encontrar organizações

Para encontrar organizações que pudessem apoiar a escola, Eda e sua equipe diretiva e corpo docente, realizaram um grande mapeamento em todas as áreas do bairro. Nesse levantamento, foram em busca das lideranças da comunidade, de equipamentos comunitários, organizações não-governamentais, empresas e setores comerciais, buscando identificar onde se localizavam e como colaboravam ou interagiam com a comunidade. Uma vez que todos os equipamentos foram listados e organizados, a gestão e professores criaram projetos específicos, apresentando possibilidades de integrar a escola à comunidade.

Decisão Pedagógica

Para garantir a permanência e eficácia das parcerias e relação com os diferentes tipos de equipamentos comunitários, Eda e sua equipe reformularam o Projeto Político Pedagógico da escola, envolvendo alunos, famílias e demais funcionários para pensar conceitos, atividades e metas que efetivamente respondessem ao processo iniciado e compartilhado por toda a comunidade escolar.

Assim, a estrutura curricular do CIEJA Campo Limpo passou a ser estruturada em horários flexíveis e os estudantes podem estudar tanto pela manhã quanto à noite. Como muitos estudantes jovens e adultos trabalham, optou-se em um modelo de aulas flexível, levando-se em consideração as dificuldades de tempo desse aluno.

Com o decorrer do tempo, chegaram também à escola muitos alunos com algum tipo de deficiência, levando a coordenação pedagógica a repensar o currículo escolar, que passou a integrar fortemente ações com as famílias desses estudantes.

O estudante do Cieja Campo Limpo pode optar em estudar em três turnos, sem perda de conteúdo, caso ele estude em um dia pela manhã e em outro à noite. Com isso, em vez de se ter disciplinas tradicionais, como matemática e artes, o Cieja criou quatro áreas do conhecimento, que englobam as diversas disciplinas tradicionais e incluem outras consideradas fundamentais para a EJA e para o fortalecimento da autonomia do estudante. São elas Linguagens e Códigos (LC), envolvendo as disciplinas de Língua Portuguesa e Inglês; Ciências Humanas (CH), que envolve as disciplinas de Geografia e História; Ensaios Lógicos e Artísticos (ELA), que envolve as disciplinas de Matemática e Artes e Ciências do Pensamento (CP), que envolve as disciplinas de Ciências e Filosofia. Além destas, o estudante também participa de aulas de “Projetos” e de atividades de acompanhamento individualizado.

Segundo a diretora da escola, o objetivo desse modelo de currículo é integrar as disciplinas, auxiliando o aprendizado do estudante, tornando-o mais eficiente, uma vez que ele pode utilizar o conhecimento de uma disciplina também nas outras áreas de conhecimento.

E, como complemento na integração com a comunidade, todas as aulas fazem uso do apoio da comunidade, trazendo tanto para escola as discussões e saberes dos moradores e equipamentos, quanto fazendo uso de recursos humanos, físicos e financeiros dispostos no território.

O currículo e todas as ações da escola estão em diálogo com os marcos legais e normativas para a modalidade de ensino.

Local: Cieja Campo Limpo, localizado na Zona Sul de São Paulo (SP).

Responsáveis: Comunidade escolar

Envolvidos e parceiros: As famílias dos estudantes e diferentes organizações, empresas e moradores da comunidade. 

Financiamento: A escola recebe a verba que lhe é destinada e todas as suas ações são previstas e gerenciadas no planejamento pedagógico. Embora raro, quando possível e necessário, o Cieja conta com apoio das parcerias comunitárias para desenvolver ações não previstas.

Principais Resultados: A escola se tornou um centro de referência para a comunidade, que vê no espaço da escola um espaço de lazer, de reflexão e até de resolução de conflitos. Os estudantes passaram a se sentir valorizados e os resultados das avaliações melhoraram exponencialmente. As famílias, especialmente dos alunos com deficiência, muito se envolveram na escola e conseguem lidar melhor com o processo de aprendizagem de seus filhos.

Todas as ações da escola são registradas e comunicadas no blog, que é frequentemente acessado não só pela comunidade escolar, mas pela comunidade do entorno também.

Contatos

Telefone: 5816.3701 / 5816.2907

E-mail: ciejacampolimpo@prefeitura.sp.gov.br

Blog do CIEJA Campo Limpo

Deixe um comentário!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

27 COMENTÁRIOS

  1. EDILEUSA CAMILA FEITOSA disse:

    Eu sou mãe, e agora aluna do CIEJA Campo Limpo, depois de varias frustações em outras escolas causando 3 boletins de ocorrencia, de bulling ,agreções fisicas e maus tratos da parte de funcionarios das escolas para com meu filho, me orientaram o CIEJA, fui conferir, como me foi pedido pelo Profº Billy a chance de iniciarem um trabalho de socialização com meu filho Davi Feitosa De Andrade ,E hoje, como disse no inicio sou mãe e aluna do CIEJA Campo Limpo.. Adoro todo trabalho feito p/ todos p/la, Acho c/todo respeito, Quando a Diretora EDA se for, VAI P/ O CÉU c/tripa e tudo, mais um bilhetinho meu p/ JESUS cuidar muito bem da Diretora EDA. Gostaria de ter bastante recursos p/ajudar no que foce preciso, p/q/a Eda não se preocupasse mais c/assuntos financeiros do CIEJA Campo Limpo, por isso vou estudar e estudar, EDA p/ futuramente exercer cargo politico voltado para inclusão social. Hoje sou feliz p/ fazer parte da familia CIEJA CAMPO LIMPO… EDILEUSA CAMILA FEITOSA

    • Julia Dietrich disse:

      Que bacana seu depoimento! Sempre que puder, entre aqui e conte para nós as novidades da escola!
      Obrigada,
      Equipe do Centro de Referências

  2. Zema Brasil disse:

    Muito interessante esta experiencia..

    abraços

    Zema

  3. maria dos reis disse:

    Bom dia, meu nome e maria tenho uma filha de 17 anos com necessidades epeciais, deficiencia intelectual e depressão, e não estou conseguindo escola, ela esta sem estudar. como posso estar participando do cieja.

    • Julia Dietrich disse:

      Olá, Maria dos Reis.
      Se vocês forem de São Paulo, sugerimos que a senhora entre em contato com a secretaria de educação do estado. São estes os seguintes canais de comunicação: Canais de Comunicação

      Fone: 0800-7700012
      E-mail: infoeducacao@educacao.sp.gov.br
      Ou se preferir pessoalmente: Praça da República nº 53 sala 20 (térreo)
      Horário de Atendimento: De 2ª a 6ª feira, das 7h. às 19h.

      Para falar com o CIEJA Campo Limpo, telefone para um destes números: 5816.3701 / 5816.2907

      Abraços e boa sorte,
      da Equipe do Centro de Referências em Educação Integral

  4. Adoro ler e aprender com as experiências educacionais de outras realidades. Obrigada pela socialização! Texto fluente e objetivo.
    Vamos divulgar relatos de experiências, pois nos motivam a buscar novas possibilidades de construções coletivas.

  5. any disse:

    Muito legal sua conquista, qual o passo inicial para incentivar e trazer a comunidade para escola.

  6. Helena Tenente disse:

    Conheci o trabalho de vcs através do Instituto Elos, Santos/SP.
    Busquei o site e o encantamento foi imediato! O trabalho realizado no CIEJA Campo Limpo traduz o verdadeiro sentido de educação. Parabéns a todos os envolvidos – docentes, pais e alunos. Essa verdadeira Integração de Jovens e Adultos acredito ser o padrão que levará o Brasil a ser um país para todos nós viververmos em paz e alegria! Parabéns a toda equipe!

    Helena Tenente
    Assitente de Projetos Sociais
    CAIXA ECONOMICA FEDERAL

  7. simone disse:

    boa tarde ,meu nome é simone ,sou mae de um garoto especial,ele tem pc é cadeirante,estudou ate a 7 serie do ensino fundamental e agora ele esta fora da escola pois para ele ja nao interessa a escola ele quer fazer coisas que o satisfaçam ,que o deixo alegre e feliz.por isso este ano ele se afastou da escola.ele é uma criança muito esperta,inteligente,é alfabetizado,sabe ler,mas no seu tempo,muito lento e com dificuldades,pois a coodernaçao motora é comprometida e a visao.mas enfim um garoto muito feliz.gostaria de saber se ha condiçoes de meu filho ingressar no cieja,pois gostaria que ele fizesse atividades que o deixe feliz,nao algo que o estresse e estresse a familia.espero que me entedam.obrigada.aguardo resposta.boa tarde.

  8. Maria Cecília Pauleti Henriaques disse:

    Dona Eda, vi sua participação no Esquenta. Fiquei emocionada e comovida com seu trabalho e da sua equipe. A dedicação de vocês nos toca. Parabéns. Um dia pretendo conhecê-los pessoalmente. Sou assistente social, concluindo o curso de terapeuta familiar em Porto Alegre. Mas sou paulista. Um forte abraço. Cecilia

  9. manoel marinho sobrinho disse:

    parabens para essa escola, eu sempre pensei uma escola assim.

  10. Guirlete Aparecida da Silva disse:

    Conheci o CIEJA no programa Esquenta da rede Globo e achei maravilhoso. Trabalho em uma cidade próxima de São Jose do Rio Preto (Mirassolândia) como psicóloga e temos uma escola estadual bastante problemática. Gostaria de conhecer melhor o projeto de vocês e quem sabe adapta-lo a nossa escola. Que Deus abençoe a todos que participam deste projeto parabéns

  11. Quero parabenizar todos que desenvolvem este maravilhoso projeto.

  12. Estou cursando o meu 2° MBA que se refere a “Didática no ensino superior” onde a escola inovadora é alvo de estudos através dos pensamentos de Paulo Freire.
    Fiquei encantado com a implantação desse conceito através de Dna Eda no CIEJA de Campo LImpo.
    Parabéns, e pode contar com meu apoio a essa iniciativa

  13. Gonzalo Hernan apolo Ati disse:

    Assisti o programa Esquenta no qual se fez uma homenagem a Diretora Eda e fiquei muito emocionado, pois eu estudei lá e agora sou professor do EJA na cidade de Cajazeiras-PB. Quero agradecer à escola e parabenizar por seu trabalho.

  14. Rosemberg Barreto Ribeiro disse:

    Muito legal o trabalho da Diretora Eda, parabéns !
    Eu gostaria de saber se a CIEJA Campo Limpo atende a jovens em LA
    ( Liberdade Assistida)

  15. Ivanilda Souza Queiroz da Silva disse:

    Adorei o site de vocês, gostaria muito de conhecer o espaço!!
    Preciso saber se tem que agendar um horário para observar o trabalho de vocês e a possibilidade de uma entrevista com a equipe pedagógica ou com o responsável pelo espaço!!!
    Sou tutora presencial de EAD da Faculdade Anhanguera de Taboão da Serra, tenho alunas que estão fazendo o seu pré-projeto para elaboração do artigo em defesa para a conclusão de curso.
    O tema delas é exatamente sobre a inclusão nas escolas regulares de como trabalhar com educandos especiais autista!!
    Desde já agradeço pela atenção, colaboração e compreensão seja qual for a resposta!!!
    Abraços carinhosos,
    Ivanilda Souza
    Tutora Presencial

    • Dafne Melo disse:

      Cara Ivanilda,

      Se você quiser conhecer o espaço do Cieja Campo Limpo, recomendamos que você entre em contato diretamente com eles, por meio dos contatos disponibilizados no final da matéria.

      Abraço,
      Equipe do Centro de Referências em Educação Integral

  16. Romilso Lima disse:

    Tenho 45 anos, parei de estudar no primeiro ano do ensino médio; queria muito terminar, como faço?

    • EDMAR PAULINO DE OLIVEIRA disse:

      Se você reside na região do Capão Redondo, tem escolas com E.J.A. como por exemplo a EE Professora Carolina Cintra da Silveira, que oferece o curso em um ano e meio para cumprir todo o Ensino Médio, ou seja 6 meses para cada série, muito bom curso, conteúdo e bons professores.

  17. EDMAR PAULINO DE OLIVEIRA disse:

    muito interessante saber a historia do CIEJA Campo Limpo e todas as suas envergaduras na condição do ensino, parabéns aos gestores, docentes e comunidade por esta realização.

  18. ELISABET GOMES DO NASCIMENTO disse:

    TIVE A OPORTUNIDADE DE CONHECER O EXTRAORDINÁRIO TRABALHO DA COORDENADORA GERAL DO CIEJA CAMPO LIMPO, ÊDA LUZ.
    ELA DESENVOLVE, COM SUA EQUIPE, COMPOSTA DE EDUCADORES, COORDENADORES PEDAGÓGICOS, MERENDEIRAS E DEMAIS FUNCIONÁRIOS, UM PROJETO QUE É RECONHECIDO NACIONAL E INTERNACIONALMENTE, PELA SUA CAPACIDADE DE TRANSFORMAÇÃO NA FORMAÇÃO E NO MODO DE PENSAR DAS PESSOAS.
    SÃO PROJETOS COMO ESTE, QUE FAZ A DIFERENÇA.
    PARABÉNS, ÊDA, E TODA A SUA EQUIPE.
    A HORA DE COMEÇAR A MUDANÇA, É AGORA.

    PROFA. ELISABET GOMES DO NASCIMENTO
    CIEJA BUTANTÃ

  19. Nivaldo Palmeira da Silva disse:

    Eu, Nivaldo, desde que assisti o programa Esquenta fiquei com vontade de conhecer e se for possível eu quero melhorar o meu português e a minha matemática