Estratégias

Personalização

A diversidade é uma das principais características da humanidade: cada pessoa atribui sentido, se envolve emocionalmente, percebe o mundo e se mobiliza socialmente com questões da comunidade de forma diversa e particular. Como não poderia deixar ser, essa mesma diversidade se faz presente na realidade da escola e no cotidiano dos estudantes.

Cada um dos alunos tem interesses diversos, competências variadas e aptidões diferentes que irão se refletir na sua forma e tempo de aprender. Ou seja, para dar conta dessa pluralidade e garantir um processo de aprendizagem de fato significativo para todos, o educador precisa lançar mão de uma série de estratégias pedagógicas voltadas a promover o desenvolvimento dos estudantes de maneira individualizada.

Nessa proposta de personalização do ensino, cada aluno é visto como único, com interesses, potencialidades, dificuldades e talentos próprios, e, assim, ele demandará estímulos de aprendizagem diferentes dos demais. Um ensino personalizado leva em consideração alguns princípios norteadores: autonomia do estudante, ou seja, ele é o principal agente do seu aprendizado, ambiente de aprendizagem reorganizado, com maior flexibilidade na infraestrutura, mentoria de um adulto de referência, criação de planos individuais de estudo, estabelecimento de avaliação individualizada e processuais, aprendizado por projetos, principalmente interdisciplinares, e promoção do desenvolvimento integral dos estudantes.

Para a construção de processos de personalização de ensino, é essencial também que os professores e a escola levem em conta alguns aspectos, como a importância de se conhecer a fundo cada aluno, de criar estratégias que permitam ao próprio descobrir quais as metodologias mais eficazes em seu processo de ensino e aprendizagem, de garantir que os conteúdos estudados tenham sentido e aplicação prática e de fomentar a criação de ambientes de confiança, generosidade, construção e responsabilidade coletiva.

Conheça as práticas pedagógicas desta estratégia: