Ciências Naturais

Como segunda área do conhecimento explorada pelo Centro de Referências em Educação Integral a partir desta plataforma de Currículo, apresentamos a publicação Caminhos para a BNCC de Ciências Naturais. O material contém referências teóricas e práticas para a consolidação de subsídios à escrita curricular na área de Ciências Naturais e seus componentes, de forma coletiva e contextualizada em cada rede de ensino, a partir dos princípios da Educação Integral e do Território Educativo.

Articulando a construção de conhecimento com os saberes e potenciais educativos do território nas suas diferentes dimensões – local, global e virtual -, sistematizamos os princípios fundamentais do ensino de Ciências Naturais que ancoram práticas pedagógicas que oportunizam o desenvolvimento das identidades, da criatividade e das habilidades de investigação, análise, sistematização e comunicação, elementos essenciais para a formação de sujeitos autônomos, críticos, responsáveis consigo e com suas comunidades.

A proposta é que professores(as) e gestores(as) investiguem os projetos já realizados nas escolas e possam reconhecer e valorizar as boas práticas, rever e reelaborar a matriz curricular, os projetos político-pedagógicos e os planos e estratégias de ensino. Espera-se que esses princípios possam contribuir para a consolidação de modos coletivos de gestão do currículo e de ações pedagógicas  alinhados ao compromisso de garantir a aprendizagem e o desenvolvimento integral de todos e todas, assim como um ensino de Ciências Naturais relevante para a atuação do indivíduo na construção de uma sociedade mais justa, democrática e inclusiva.

Caderno 5

Nesta publicação você encontrará os seguintes capítulos:

  • Quem são os sujeitos de aprendizagem?
  • Por que ensinar Ciências Naturais na escola? Uma pergunta filosófica essencial
  • A ciência a nossa volta
  • Dimensões de credibilidade da ciência
  • Ensinar para a Alfabetização Científica
  • STEM, STEAM e o nosso ensino de Ciências Naturais
  • O Ensino de Ciências Naturais por Investigação
    • Motivar e envolver os estudantes como condição fundamental
    • Conceitualização: questões, hipóteses e fundamentação teórica
    • A fase de investigação: coleta, construção e análise de dados
    • Método científico ou práticas epistêmicas?
  • Comunicação e reflexão: interações e desenvolvimento da linguagem
  • A história da ciência na sala de aula: estudos de casos históricos
  • As Questões Sociocientíficas e as relações entre Ciência, Tecnologia, Sociedade e Ambiente
  • Investigando o território: estudos do meio e visitas a museus, centros de ciências e outras instituições
  • A diversidade nas ciências
  • Considerações finais
  • Referências
search