Apresentação

Apoiar redes e escolas a construírem coletivamente seus documentos curriculares e práticas pedagógicas à luz da Educação Integral é o objetivo dos conteúdos reunidos nesta plataforma, fruto de uma parceria entre o Centro de Referências em Educação Integral e o British Council.

Esse material apresenta os fundamentos teórico-práticos do currículo na Educação Integral e uma proposta formativa construída a partir da experiência desenvolvida pelo Centro de Referências em Educação Integral no município de Tremembé (SP) ao longo de 2018. Nele, gestores e professores encontrarão subsídios que podem apoiar as redes em um trabalho coletivo de construção do currículo e de práticas pedagógicas alinhadas ao compromisso de garantir a aprendizagem e o desenvolvimento integral de todos e todas.

Considerando que a BNCC apresenta em seu texto introdutório a Educação Integral como proposta formativa, compreendemos que a sua homologação pode se constituir como uma oportunidade de construção curricular nas redes municipais e estaduais de educação,  assegurando pertinência do currículo aos territórios, por meio de um processo participativo de apropriação pelos profissionais da rede. Essa construção coletiva é fundamental para que gestores e professores definam objetivos e critérios formativos comuns, acompanhem as aprendizagens de todos e todas de forma coordenada e construam espaços de formação permanente nas escolas. Mais ainda: que a pertinência do currículo em cada município e estado seja assegurada por meio da contextualização, ou seja, a partir das características de cada Território Educativo, de modo a reconhecer especificidades, identidades e contextos de vida e de aprendizagem dos estudantes.

Nesse sentido, para a educação integral, a participação dos gestores escolares e professores em todas as etapas do processo é condição fundante. Como diria John Dewey, “educação é processo social, é desenvolvimento”. Criar condições para que este desenvolvimento seja integrador de práticas contemporâneas, inclusivas, sustentáveis e equitativas é o principal desafio que a BNCC nos coloca.        

O que você encontra:

Esse material se organiza do seguinte modo:

 

 

 

Boa navegação!


Com a proposta de pesquisar e sistematizar caminhos possíveis para fortalecer a educação integral como agenda prioritária no país, o programa Centro de Referências em Educação Integral tem a chancela da UNESCO e é uma parceria entre o Aprendiz, a Fundação Itaú Social, a Fundação SM, o Instituto Inspirare, o Instituto Natura, o Instituto Oi Futuro, o escritório Cenários Pedagógicos, o Cenpec – Educação, Cultura e Ação Comunitária, o Centro Integrado de Estudos e Programas para o Desenvolvimento Sustentável (CIEDS), o Instituto Alana, o Instituto Rodrigo Mendes e o Movimento de Ação e Inovação Social (MAIS).

search