Ensino e Aprendizagem > PITCH PRESENTATION

PITCH PRESENTATION

Inspirados na dinâmica de pitch, estudantes apresentam e argumentam suas ideias para a turma e para uma banca de convidados.

Compartilhe a prática:

Plantão Pedagógico

X

Prática elaborada por Sônia Horn e Daniel Martins, do NAVE Rio

PLANO DE VOO

Em língua estrangeira (inglês, espanhol, etc.), o aluno realiza uma apresentação-relâmpago, também chamada de pitch presentation, com duração de cinco minutos e que tem por objetivo expor uma ideia, um conceito ou explicar um projeto para os colegas ou para uma banca de avaliadores.

Além de trabalhar a fluência em outro idioma e incentivar o diálogo entre diferentes disciplinas, esta prática desenvolve a capacidade de falar em público, organizar e apresentar conceitos com eloquência e objetividade. Nesse sentido, as rodadas de pitches também são oportunidades de tirar ideias do papel e estimular uma participação mais ativa e confiante dos estudantes.

 “Esse momento não é hora de corrigir erros gramaticais, mas de deixar os estudantes se comunicarem, se expressarem. A ideia é trazer essa pílula de imersão em outra língua, produzindo enunciados que façam sentido para eles”, diz Sônia Horn, professora idealizadora.

Ao estruturar uma apresentação sintética sobre determinado assunto, o aluno aprende a identificar e aplicar todas as etapas que compõem uma narrativa com potencial para comunicar eficientemente uma mensagem.

1 / 2

Pilotando

Escolha o tema

A proposta é que o professor de língua estrangeira e os alunos escolham um projeto ou assunto desenvolvido em outra disciplina para ser apresentado no formato de pitch. Outra possibilidade é que os demais docentes proponham a atividade para a aula de idiomas.

Contextualize

Embora muitos alunos estejam familiarizados com apresentações de trabalho em sala de aula, uma apresentação-relâmpago traz aspectos particulares que precisam ser explicados: dura apenas cinco minutos, é individual e sintetiza uma ideia em poucas palavras de forma atrativa. Para tornar a atividade mais clara e inspirar os estudantes, o professor pode mostrar alguns vídeos de pitches disponíveis na internet.

Produza

Um passo a passo pode servir de orientação para os alunos produzirem seus pitches. A estruturação da apresentação passa pela identificação do problema que os levou a desenvolver o projeto, iniciativa ou reflexão, a contextualização do assunto e a proposta de intervenção.

Ensaie

Pode ser que os alunos queiram ensaiar suas apresentações ou mostrar o texto-base. Nesse momento, o professor pode orientar e sugerir melhorias.

Monte uma banca

Três avaliadores podem ser o suficiente: o professor de inglês, o da disciplina que desenvolveu os projetos ou propôs determinada reflexão e um convidado externo, especialista no tema abordado pelo pitch.

Abra para a comunidade

Convide os familiares, amigos e a comunidade escolar e do entorno para assistir à rodada de pitches.

Avalie

Durante a apresentação, cada avaliador terá uma função. O de idiomas pode analisar a postura e a fluidez com que o aluno comunicou sua ideia, deixando erros gramaticais e a pronúncia em segundo plano. O da disciplina que desenvolveu o projeto pode avaliar tanto os conceitos trabalhados quanto a clareza com que foram comunicados. Por parte do especialista, cabe uma análise da relevância da ideia, do contexto, a viabilidade de realização, entre outros. O ideal é que imediatamente após a apresentação cada avaliador dê seu parecer.

Equipagem

Compartilhe: