Sobre o especial

  • Ícone Whatsapp
  • Ícone Twitter
  • Ícone Facebook

Em 2019, o Plano Nacional de Educação (PNE) completa cinco anos de vigência – e também de descumprimento. Das 20 metas elaboradas para aprimorar a qualidade da educação no país, apenas quatro tiveram avanços parciais. O restante caminha a passos lentos, o que torna a efetivação do PNE ao fim de 2024 uma realidade cada vez mais improvável.

Mas, afinal, quais são os obstáculos que inviabilizam seu cumprimento?

O Centro de Referências em Educação Integral convidou especialistas e parceiros para analisar o plano, o cenário atual e suas perspectivas de efetivação.

Aprovado pelo Congresso Nacional, em 2014, após um longo debate, o PNE estabelece as metas que devem ser cumpridas pela União, estados e municípios com o objetivo de garantir uma educação universalizada e de qualidade no país.