Ensino e Aprendizagem > COMBINAÇÕES PERFEITAS

COMBINAÇÕES PERFEITAS

A construção do conhecimento de análise combinatória a partir de experiências práticas do cotidiano

Compartilhe a prática:

Plantão Pedagógico

X

Mariza Hermes do Carmo, do NAVE Recife

PLANO DE VOO

Tornar conceitos matemáticos abstratos em algo mais concreto e elucidar sua aplicação na vida cotidiana são práticas que podem facilitar a aprendizagem. O ensino de análise combinatória é uma oportunidade para isso. Antes de apresentar o tema, crie uma situação em que os alunos precisem fazer escolhas e peça que eles avaliem de quantas maneiras diferentes isso pode ser feito. Só então apresente a teoria do que eles já experimentaram na prática.

Foto: Carlos Fernando Guanabaratejo
Foto: Carlos Fernando Guanabaratejo
1 / 2

Pilotando

Crie um cenário

posicione cinco cadeiras no meio da sala, simulando um carro. Agora, peça que os alunos analisem de quantas maneiras diferentes estas cinco pessoas podem se encontrar dentro do veículo. Depois, dificulte, perguntando: de quantas maneiras eles podem se posicionar sendo que apenas dois podem ser os motoristas?Outra ideia é pedir que alguns alunos tragam peças de roupa e simulem uma loja, com preços para cada vestimenta. Os alunos começam analisando quantas combinações de roupas eles podem fazer. Em seguida, eles terão que decidir quantas roupas podem comprar com um valor determinado. Depois, qual o maior número de peças que podem levar com este mesmo valor.

Esquematize

em um segundo momento, peça aos alunos para esquematizar o que viram. Isso pode ser feito na lousa com a ajuda do professor ou entre grupos.

Explique a teoria

agora é a oportunidade de mostrar aos estudantes os conceitos da análise combinatória e as fórmulas matemáticas, uma vez que eles já experimentaram e entenderam na prática o assunto.

Equipagem

Compartilhe: