publicado dia 12/09/2014

“Vivemos uma esquizofrenia no espaço educacional”

por

O TEDx Mauá, que aconteceu no último dia 30 de agosto, reuniu convidados a partir da temática “Mentes Inovadoras se Atraem”. Na atividade, Anna Penido, diretora executiva do Instituto Inspirare, uma das organizações parceira do Centro de Referências, problematizou a necessidade de se revolucionar o modelo educacional no país. “Vivemos uma esquizofrenia no espaço educacional, com modelos do século XIX, professores do século XX e alunos do século XXI.”

Leia + Desvendando o PNE: qualidade da educação demanda esforços intersetoriais

Anna ressaltou a importância de se ampliar a qualidade da educação e diminuir as desigualdades, tendo em vista os alunos que serão adultos daqui 20 ou 30 anos. “Precisamos ser capazes de ofertar uma proposta pedagógica capaz de empoderá-los frente aos seus projetos de vida”, analisou.

Para isso, a especialista citou algumas possíveis saídas, como a personalização do ensino, que sai da perspectiva de massa, e passa a contemplar os ritmos e interesses de cada um. Ela também considerou a oferta da educação integral, como forma de apoiar o desenvolvimento desses alunos em todas as suas dimensões, e torná-los mais aptos a serem produtores de conteúdo e não somente receptores, aproximando-os das demandas da vida real em diálogo com a escola. Da mesma maneira, reconheceu a importância das tecnologias como facilitadoras desses processos, embora não totalmente integradas ao dia a dia escolar.

Confira entrevista na íntegra feita com Anna após sua palestra:

5 palestras sobre inovação, tecnologia e educação