Histórias em Quadrinhos trazem conteúdo de ciências para escola de BH

Publicado dia 18/03/2014

Iniciativa: Coleção Cientistas em Quadrinhos

Pública ou Privada: Pública

Descrição: Os cientistas são os fomentadores das grandes viradas de chave da história da humanidade. Além de contribuírem com a criação de conhecimento, evidenciam, a cada pesquisa, a forma como se dedicam a entender o mundo e seus mais diferentes fenômenos. No entanto, estudar esses pesquisadores e suas linhas de pesquisa (correntes epistemológicas) nem sempre é das tarefas mais fáceis, justamente por serem conteúdos densos e por exigirem reflexão e leitura comparada.

E foi aí que uma professora de Ciências da rede municipal de Belo Horizonte (MG), Adriana Moura, resolveu inovar. Para apresentar a biografia dos mais diferentes cientistas aos seus alunos trocou o caderno e a lousa pelas histórias em quadrinhos.

A ideia teve início em 2010, quando a escola onde Adriana atuava se tornou parte do Programa Escola Integrada, da Prefeitura de BH. Com isso, o prédio ganhou um laboratório de Ciências, onde as crianças e adolescentes poderiam aprender o conteúdo de forma mais prática e atrativa.

Os alunos, que tinham receio que a ampliação da jornada escolar se transformasse em mais lição de casa e grandes cópias da lousa, viram nas aulas do laboratório uma oportunidade de aprender ciências de um jeito interativo.

Conteúdo das HQs

Cada história em quadrinhos traz a trajetória de um cientista, mostrando como sua teoria se relaciona até mesmo com seu modo de ver o mundo. Ao fim de cada volume, o estudante encontra diversas atividades práticas relacionadas à história lida. Com isso, teoria e prática ficaram mais próximas na aprendizagem.

Após lerem a história da descoberta da célula, por exemplo, os alunos tiveram a chance de visualizá-la em um microscópio. A biografia de Galileu Galilei levou à manipulação de microscópios e lunetas e possibilitou a ida ao planetário da cidade para entender melhor a formação dos corpos celestes e sua movimentação no espaço.

O processo também possibilitou o olhar aos cientistas que contribuíram com a história local, caso do dinamarquês Peter Wilhelm Lund (1801-1880) que morou em Lagoa Santa (MG) e ficou conhecido como o pai da Palentologia, ciência que estuda a geologia local e formação dos fósseis. A partir do estudo, os alunos visitaram as grutas da Lapinha e Rei do Mato (região metropolitana de MG) e participaram de uma aula a céu aberto.

Interação com outras disciplinas

Além de trabalhar a disciplina de ciências, as HQs oferecem a oportunidade das crianças e adolescentes adquirirem o hábito da leitura e o gosto pela pesquisa histórica e geográfica. Além dessas, os alunos produziram espetáculos teatrais sobre a vida dos cientistas.

Toda a produção artística é realizada pela professora, que utiliza a internet, livros biográficos e didáticos para a construção das HQs (confira uma delas aqui).

Início e duração: 2010 e continua até os dias atuiais.
Local: Escola Municipal Israel Pinheiro (Belo Horizonte-MG)
Responsáveis: Adriana Moura
Envolvidos e parceiros: Secretaria Municipal de Educação de BH
Financiamento:Secretaria Municipal de Educação de BH

Principais Resultados:

Desde 2010, quando as histórias em quadrinhos passaram a ser trabalhadas na escola, foi possível perceber maior interesse dos alunos pela disciplina de Ciências, que perceberam com isso a importância da pesquisa na produção do conhecimento dentro ou fora da escola.

Os passeios com foco na aprendizagem tomaram mais sentido, uma vez que os alunos iam para as visitas com o conteúdo estudado das HQs.

Conheça outra experiência de BH

Leia como a Escola Municipal Professor Paulo Freire (BH) garante diálogo com comunidade local e parceiros.

Outro ponto positivo a ser ressaltado é a interação das disciplinas e professores, que passaram a utilizar o material, que colabora tanto para Ciências quanto para História, Geografia, Português e Artes.

Diante dos resultados positivos alcançados com os 17 volumes produzidos por Adriana, a editora Appres, de Curitiba, selecionou as histórias de quatro pensadores – Nicolau Copérnico, Charles Darwin, Galileu Galilei e Albert Einstein para publicação oficial, possibilitando a utilização dos livros por professores e estudantes de todo o Brasil.

Contatos
E-mail: adriana.moura@pbh.gov.br