publicado dia 07/11/2016

Seminário debate os desafios para a permanência de estudantes na escola

22/11/2016

O Brasil ainda possui 3,8 milhões de crianças e adolescentes fora da escola. Os desafios para garantir o acesso e a permanência de todos e todas à educação pública são inúmeros e demandam esforços do poder público e também da sociedade civil.

A partir dessa percepção surge o projeto Aluno Presente, que tem como missão contribuir para que todas as crianças e adolescentes da cidade do Rio de Janeiro, entre 6 e 14 anos, tenham o seu direito à educação básica garantido.

No dia 22/11, gestores públicos, especialistas e representantes do terceiro setor se reunirão no “Seminário internacional: a educação é um direito de todos e todas” para discutir caminhos possíveis para a universalização da educação no Brasil. O evento será realizado no Rio de Janeiro (RJ).

A abertura do evento contará com falas de Ana Lucia Barros, secretária municipal de Educação do Rio de Janeiro e Natacha Costa, diretora da Cidade Escola Aprendiz. Em seguida, na conferência “Equidade e Democracia: condições para o acesso e a permanência de todas e todos na escola”, será a vez de Nestor Lopez (Unesco) expor suas ideias, com Marcelo Burgos como debatedor e mediação de Eliana Sousa e Silva.

Na parte da tarde, a mesa “Intersetorialidade para políticas públicas educacionais” contará com a presença de Jailson de Souza, do Observatório de Favelas, e Macaé Evaristo, secretaria estadual de Educação de Minas Gerais.

Ao final do dia, será lançado um guia para os gestores públicos.

O seminário é gratuito e é necessário inscrever-se na página do evento.

O quê

Seminário internacional: a educação é um direito de todos e todas.

Quando

22/11/2016 entre 08:30 e 17:00

Onde

Fundação Casa de Rui Barbosa, Rua São Clemente, 134, Botafogo. Rio de Janeiro (RJ).

Mais informações

http://www.alunopresente.org.br/seminario/